a
a
InícioSlideshowAs armadilhas da GVT

As armadilhas da GVT

Empresa está atrasando o fechamento do Acordo Coletivo 2013/2014 Informamos aos trabalhadores da GVT que a empresa vem adotando um comportamento, no mínimo, incoerente e desrespeitoso nas negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2013/2014. O fato é que depois de tantas reuniões, cujos resultados estão devidamente registrados nas atas, a GVT enviou à Comissão de Negociação da FITTEL uma Minuta de ACT 2013/2014 com várias alterações PREJUDICIAIS AOS TRABALHADORES. Isto é muito grave. A situação se torna mais séria porque as alterações não condizem com o que foi negociado entre a empresa e os representantes dos sindicatos. Nesse período, a Comissão de Negociação já revisou e devolveu a Minuta corrigida por duas vezes, mas a empresa insiste em alterar a redação do documento por conta própria, provocando de maneira proposital atrasos na realização das assembleias. Esta postura antiética, desleal e covarde por parte da GVT só tem uma explicação: A empresa não tem o mínimo de respeito nem consideração com seus empregados. Além disso, a GVT está fazendo de tudo para jogar a culpa nos sindicatos quando na verdade ela é a grande culpada pelo atraso na solução do ACT. A GVT precisa agir com ética e respeito aos trabalhadores e suas entidades sindicais. Esperamos que a empresa tenha a dignidade de reabrir as negociações, que também elabore uma Minuta de ACT conforme as negociações em mesa e, principalmente, apresente nova proposta de ACT com avanços, que atenda minimamente aos anseios dos trabalhadores. A proposta atual já foi recusada pelos trabalhadores do Distrito Federal e também pela maioria dos sindicatos do Brasil. Isto deixa bem claro que a proposta da GVT é muito ruim e que precisa ser melhorada para valorizar a capacidade profissional dos trabalhadores. Destacamos a importância dos companheiros estarem atentos a tudo que ocorre nesse processo de negociação extremamente difícil e cheio de armadilhas contra os trabalhadores. Não acreditem nos boatos! Pedimos que todos mantenham-se mobilizados em torno do seu sindicato e acompanhem os boletins, para saber mais sobre o andamento das negociações.
Sem comentários

Deixe um comentário